Imagem M.L. - Encantos e Paix§es«




Monólogo Interno
Pessoa de poucas palavras
Sou em discurso, no entanto
Não deixo esconder-se o pranto
Quando em mim tuas unhas cravas.

Choro de dor, não de espanto
Quando me queimam tuas brasas,
Quando tua raiva extravasas
Sobre o meu tímido canto.

Não me surpreende a amargura
Que usas como tortura
Para calar-me a alegria.

O que me causa surpresa
É ver que vejo beleza
No sofrer do dia a dia.

Monólogo Interno - Silvia Schmidt
*Humancat*
Dir. Aut. Reserv.