.
Encantos e Paixões®
 


 

A menina de cinco anos
balança sua alegria
na corda atada
nos galhos da mangueira.
 

Ela não suspeita
de outra corda:
a mulher de cinqüenta
que desafia o abismo.
 

A menina está feliz
com a inocência 
de seu instante;
no entanto desconfia
desse abismo de plumas
de temível doçura...
 

Então fia e desfia
a seda do rio do tempo
que retorna sempre...
 

A mulher de cinqüenta
atravessa o espelho
e dialoga com o caos.
 

Ela quer provar o saber
e o sabor de todos 
os homens e mulheres,
mas só consegue beber
 o olho azul do dia 
na taça que transborda
 esse sol de inverno...
 
 

Encantos e Paixões®
 

 

\